Em poucos minutos é muito simples oferecer um lanche docinho aos miúdos, sem adição de açúcar.

Enquanto se vai mexendo o creme, esperando que engrosse, a casa vai ganhando um cheiro maravilhoso. Lembro-me de estar a preparar este creme, com o mais velho a fazer as fichas da escola e o mais novo a dormir a sesta. No momento em que desligo o fogão, que sorte bestial, o mais novo chamou dizendo «já acabei», que é o mesmo que dizer «anda-me buscar que já não durmo mais». Ele tem uma cama, quase literalmente, colada ao chão e consegue sair de lá sem ajuda, mas gosta sempre de ser mimado antes de sair do quentinho. Quando cheguei à porta do quarto ele disse: «que cheirinho bom é este?». Fiquei logo mais sorridente.

Vão precisar de:
500ml de bebida vegetal de arroz e amêndoa (sem açúcar adicionado)
1cs de geleia de arroz (cheiinha), aproximadamente 20g
2cs de amido de milho
2cs de farinha de alfarroba

Eu misturo todos os ingredientes, num fervedor, com um batedor de arames até que o líquido não ofereça resistência. Assim sei que a geleia e o amido, que são os mais difíceis, já se dissolveram. De seguida levo ao fogão em lume médio, mexendo sempre, até engrossar. Não engrossa muito. Apenas um pouco. Se comerem frio, ou quase, a consistência ficará mais grossa. Se gostarem do creme num morninho quente, como por aqui, vão ter uma versão mais fluída.
Podem variar, colocando flocos de aveia fina enquanto está a cozer, ou outros flocos à escolha (quinoa, trigo sarraceno), ou então presentear os miúdos com algumas lascas de coco, ou pepitas de cacau cru, para terem alguma textura e se tornar ainda mais apelativo visualmente.

Estou sempre a falar nos miúdos, mas eu também como!!! Ó, ó, se como. Só tenho de escolher uma tigela pequena para mim para não encher demasiado. ;-)

Outros artigos

0 0 votos
Avaliação
Subscrever
Notificar
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários