Couve kale salteada com cogumelos e arandos

A couve kale é pouco habitual aparecer em todos os supermercados, mas de vez em quando lá aparece, bem bonitinha e enrugada. É prima da couve-galega e também uma crucífera, trazendo consigo imensos benefícios protetores para a nossa saúde. Os vegetais crucíferos são ricos em antioxidantes, vitaminas, fibras e minerais e são fundamentais numa dieta que preconiza uma alimentação saudável, como a desta casa. No artigo do blogue intitulado «Brócolos ao poder» podem conhecer todos os benefícios destes legumes.

É chatinha para lavar, porque temos de lavar cada folha individualmente e esfregar um pouco cada folha com os dedos para empurra/soltar a sujidade que possa existir. Mas vale bem a pena.

Couve kale salteada com cogumelos e arandos

Receita por Gabriela Sotto MayorTipo de refeição: Refeição principalCozinha: VeganDificuldade: Fácil
Porções

4

Doses
Tempo de Preparação

30

minutos
Tempo de Cozedura

15

minutos
Tamanho da Porção

200

Gramas

Num wok, em lume médio alto, coloquei um fio generoso de azeite, açafrão, pitada de pimenta preta e de pimentão doce. Mexi para misturar os temperos. Juntei 3 dentes de alho laminados. Mexi de novo. Adicionei as couves bem lavadas e um copo de água. Fui mexendo sempre envolvendo as couves com os temperos e com o líquido. Em poucos minutos foram murchando. Nesta altura juntei cogumelos brancos laminados e continuei a mexer. Senti falta de algum contraste e então juntei meia dúzia de cajus e uma mão bem cheia de arandos desidratados. Envolvi mais um pouco até os cogumelos murcharem também. Quando o líquido for quase inexistente está pronto. Fora do lume junta-se o sumo de um limão espremido na hora. Mexe-se mais um pouco e serve-se bem quentinho.

Ingredientes

  • 3 dentes de Alho

  • Fio generoso de azeite

  • 500 gramas de couve Kale

  • 1 copo de água

  • um punhado de cajus

  • 250 gramas de cogumelos brancos

  • 1 punhado de arandos

  • 1 limão

Instruções

  • Etapa 1
  • Num wok, em lume médio alto, coloquei um fio generoso de azeite, açafrão, pitada de pimenta preta e de pimentão doce. Mexi para misturar os temperos.

  • Juntei 3 dentes de alho laminados. Mexi de novo.

  •  Adicionei as couves bem lavadas e um copo de água. Fui mexendo sempre envolvendo as couves com os temperos e com o líquido. Em poucos minutos foram murchando.

  • Nesta altura juntei cogumelos brancos laminados e continuei a mexer. Senti falta de algum contraste e então juntei meia dúzia de cajus e uma mão bem cheia de arandos desidratados. 

  • Envolvi mais um pouco até os cogumelos murcharem também. Quando o líquido for quase inexistente está pronto.

  • Fora do lume junta-se o sumo de um limão espremido na hora. Mexe-se mais um pouco e serve-se bem quentinho.

Notas

  • Nós comemos com redom (restos do dia anterior): arroz de açafrão e tofu em cama de curgete estufada.
  • Servi a acompanhar restos do dia anterior Estava uma delícia! O doce dos arandos contrastaram muito bem com o sabor intenso do alho, a ligeira acidez do limão e o aroma dos cogumelos. Não sobrou nada. Fiz couves para 4, mas nós os dois acabamos com elas num instante.

Galeria de Imagens

Outros artigos

0 0 votos
Avaliação
Subscrever
Notificar
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários