«Não se fazem omeletes sem ovos» é completamente falso. Não só se fazem como são muitíssimo saborosas!

Uma das grandes queixas da comunidade vegetariana é não conseguirem fazer omeletes, mas a verdade é que há mil e uma maneiras de as fazer. A que vos deixo é só uma dessas possibilidades.

À farinha de grão (para substituir o ovo) juntei bebida vegetal de arroz e coco (que é um bocadinho doce) e uma pitada de flor de sal. [220 g + 300 g + pitada]

Numa frigideira anti-aderente coloquei um alho-francês às rodelas finas, um dente de alho grande aos bocadinhos, fio de azeite. Salteei, mexendo sempre, até murchar e dourar. Reservei. Depois de arrefecer coloquei na mistura de farinha.

Coloquei pequenas porções numa frigideira anti-aderente quente e untada com azeite. Cozinharam 2 ou 3 minutos de cada lado ou até dourar. Virei-as quando apareceram uns pequenos buraquinhos na massa.

O adocicado da bebida vegetal fez com que eu me esquecesse que estava a comer farinha de grão. Apesar de adorar grão-de-bico de variadíssimas maneiras, não aprecio farinha de grão. Tem um sabor característico que deteto a milhas. Mas assim, ficou soberbo. Até repeti. Os miúdos também gostaram. O mais velho repetiu e o mais novo comeu em silêncio. O silêncio diz tudo!

Rendeu 10 grãomeletes. Servi com aveia de tomate e uma salada verde.

Outros artigos

0 0 votos
Avaliação
Subscrever
Notificar
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários