Muito habituada a fazer tudo no fogão/forno não me habituei a cozinhar com a Bimby, que me foi oferecida (em segunda mão, porque nova é um absurdo), no último aniversário. Isto é, uso-a como processador, mas não faço refeições principais com ela. Experimentei, mas não tive grandes resultados e acabei por desistir. Mas esta semana, quando me apeteceu risoto achei que podia tentar fazer lá, seguindo os passos básicos de um risoto simples na Bimby. E tive sucesso! Ficou muito saboroso e com textura agradável.

Claro que a propaganda de que a Bimby faz tudo por nós não é totalmente verdade. Ela cozinhou, sim, mas na preparação dos alimentos gastei, à vontade, 3 vezes o tempo que ela levou para cozinhar o arroz. Mas… estava bom, sim, senhor, e irei repetir.

Ingredientes:
100 g de cebola doce
4 dentes de alho
20 g de tomate seco
20 g de azeite (de baixa acidez, eu uso o primeiro azeite de bebé)
40 g de vinho branco
300 g de abóbora aos cubinhos
1 mão cheia de cogumelos pleurotus
300 g de arroz para risoto
1 mão cheia de espinafres de salada
900 g de água
15/20 g de manteiga (vegetal)
sal (não usei)

No copo da Bimby coloca-se a cebola, o tomate seco e os dentes de alho, tudo picadinho, com o azeite. Refoga-se por 3 minutos a 120º na velocidade 1 (inversa). Adiciona-se o vinho, os cogumelos e a abóbora e cozinha-se por mais 1 minuto a 100º na velocidade 1 (inversa). Junta-se o arroz por outro minuto. Por fim os espinafres e a água. Coze por 15 minutos a 100º na velocidade 1 (inversa). Retira-se o risoto e envolve-se a manteiga. Serve-se de seguida com uma boa salada.

Outros artigos

0 0 votos
Avaliação
Subscrever
Notificar
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários