Pão naan (indiano)

O pão fofo de ontem já acabou. Claro, desapareceu sem aviso. Então, hoje, pela manhã decidi fazer pão naan. Foi outro sucesso. Nem sei quantos pães rendeu, porque a família andou a rasgar pãezinhos ainda eu não tinha terminado de os assar. É tão bom estar a fazer pão e sentir o sucesso do nosso empenho no momento.

Fiz uma massa que se descolou da taça com 500 g de farinha integral de espelta, 1 cs cheia de fermento de bolo, 250 g (sim, são gramas) de água, 4 cs de azeite (de baixa acidez, eu uso de bebé), 2 cs de água de hidratar tâmaras e 1 colher de café de flor de sal (podia ter um pouco mais). Separei porções equivalentes e com a ajuda de um pouco de farinha e dos dedos e palmas das mãos espalmei-as em cima de uma tábua de cortar, até ficarem bem fininhas, o mais possível sem rasgar. Se estivesse em casa teria usado o rolo da massa para abrir os pães. Como demoram muito pouco tempo a assar preparei todos os pães de uma vez só, confirmando que tinham um pouco de farinha entre si, para não colarem.

estão sobrepostos com algum farinha entre eles para não agarrar
estão sobrepostos com algum farinha entre eles para não agarrar

Só depois liguei o ponto mais forte do fogão a gás e deixei a frigideira aquecer bem. Untei com azeite e com a ajuda de um pouco de papel de cozinha retirei o excesso. Coloquei um pão de cada vez. No momento em que ganhou bolhas de ar na massa, como se vê na foto, virei-o e deixei dourar do outro lado. Talvez demore 2 minutos no primeiro lado e 1 no segundo.

bolinhas maravilhosas!
bolhinhas maravilhosas!

Depois repeti o processo com todos os pães, passando o papel de cozinha que já tinha azeite na frigideira entre fatias. E, claro, devia ter escondido da família para não os comerem antes de terminar. Mas teve graça vê-los rondar o fogão.

Ficam sempre tão bonitos, principalmente, os mais toscos.

Ficaram muito bonitos, principalmente por estarem tão toscos. E imensamente saborosos!

O mais novo comeu com queijo vegetal. Anda viciado em queijo. Quando lhe pergunto o que quer lanchar não diz que quer «pão com queijo», diz que quer «queijo e pão!». A ordem do desejo diz tudo. Eu comi com pasta de cacau. O mais velho comeu simples, rasgando todos os pães que apanhou perdidos.

«queijo e pão» para o mais novo
«queijo e pão» para o mais novo
pasta de cacau para mim
pasta de cacau para mim

Nota: Sobre a água de hidratar tâmaras, eu coloquei tâmaras em água para fazer pasta de tâmaras, mas na verdade não a desfiz e está ali no frigorífico sem grande destino, então verti um pouco dessa água doce na massa do pão.

Nota 2: Podem trocar a farinha integral de espelta por trigo integral. Ou fazer de mistura, metade integral e metade branca.

Outros artigos

0 0 votos
Avaliação
Subscrever
Notificar
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários