Tive muita dificuldade em decidir o que chamar a este pecado. Quando comecei a inventar achei que estava a fazer panquecas, mas quando provei pensei (aos gritos): «BOLO!» Portanto, é um bolo de coco que se faz numa frigideira. É muito simples e rápido, podendo ser feito pela manhã.

Vão precisar de:
150g de farinha integral (usei de espelta)
50g de coco ralado
2 cc de fermento de bolo
200ml de bebida vegetal (usei de aveia com cálcio)
2 cs de azeite (usei de baixa acidez)
50g de tâmaras picadinhas (usei medjool)
(Rende 6 ou 7 bolos)

Junta-se a farinha, o coco e o fermento numa taça e mexe-se bem com um batedor de arames para homogeneizar a mistura. De seguida adicionam-se os restantes ingredientes. As tâmaras picadinhas tendem a formar aglomerados dificultando a sua correta distribuição. Eu costumo juntar à massa aos poucos distribuindo-as o mais possível. Envolve-se se com o batedor de arames. Vai ficar uma massa densa que exige algum esforço. Numa frigideira anti-aderente quente, levemente untada com azeite, colocam-se porções de uma colher de sopa da massa. Deixa-se cozinhar tapado (a minha tampa é de vidro permitindo verificar o andamento da cozedura) até se ver o limite a querer levantar da frigideira. Depois vira-se e cozinha, apenas, mais um minuto do outro lado.

Serve-se morno, mas frio também é ótimo.

Eu servi com creme de fruta morno (receita sairá em breve). Mergulhamos pedaços de bolo no creme e deliciamo-nos!

Outros artigos

0 0 votos
Avaliação
Subscrever
Notificar
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários