Tofu grelhado com esparguete e brócolos a vapor

Ultimamente só penso em canela. Não sei bem porquê. Sempre que vou cozinhar penso se não ficaria bem uma pitadinha de canela. E nem estou a falar de doces. ? Falo de almoços e jantares. É a loucura. ?

Desta vez os meus desejos de canela começaram logo de manhã, por isso preparei a marinada ainda os meus miúdos não tinham terminado o pequeno-almoço. É excelente poder fazer a marinada com antecedência, porque assim o tofu fica muito mais saboroso.

Há uns tempos falei-vos do meu tofu grelhado com arroz de tomate, mas o de hoje é mais intenso e quente.

Para a receita de hoje (que serve 4) vão precisar (por esta ordem) de:
500g de tofu natural bio
75ml de molho shoyu (molho de soja) bio
75ml de vinho branco ou sumo de limão
50ml de azeite de baixa acidez (eu uso o primeiro azeite do bebé)
1cc de pimentão doce fumado
1c café de açafrão bio
1cs de alho em pó
1cc de canela em pó bio
Bebida vegetal de sabor neutro e sem açúcar (eu usei de aveia) qb
250g de esparguete de espelta ou trigo
1 cabeça de brócolos
Sementes de girassol qb

Como já vos disse no outro post o tofu (natural) é de sabor muito neutro e absorve muito bem os temperos que lhe pomos. Para a marinada, juntei, numa caixa com tampa, o shoyu, o vinho e o azeite com o pimentão doce fumado (faz imensa diferença ser fumado!), o alho e a canela. Mexi muito bem para homogeneizar. Reservei.

Lembro que uso (e aconselho) tofu fresco, biológico, embalado em vácuo e de conservação no frio. Retirei o tofu da embalagem, descartei o líquido e apertei o bloco entre folhas de papel de cozinha (ou pano de cozinha limpo) para espremer a água que possa ter, em todas as faces. Depois cortei o bloco ao meio e repeti a operação. Feito isto, fatiei-o com cerca de meio centímetro. Coloquei as fatias dentro da caixa com a marinada e fechei-a. Abanei com alguma delicadeza para o molho tocar todas as fatias e guardei no frigorífico.

O timing foi perfeito. Quando estava a abrir a porta do frigorífico para guardar o tofu os miúdos estavam a passar por mim com as tigelas do pequeno-almoço vazias e de barriga cheia. Enquanto discutiam quem levava o quê para casa dos avós, aproveitei e também cortei os brócolos e deixei-os a cruciferar dentro do cesto/rede de cozer a vapor. Só depois fomos à nossa vida. ?

Cheguei para jantar e a primeira coisa que fiz, depois de me descalçar e lavar as mãos, foi tirar do frigorífico a caixa com o tofu a marinar, dar-lhe um abanãozinho e virá-la de pernas para o ar, deixando-a agora na bancada. Entretanto fui ver da guerra que se tinha instalado na casa de banho com os dois e um sabonete. Hoje o dia foi preenchido com momentos destes.

Eu tenho uma rede de aço inoxidável onde cozo os legumes a vapor. Gosto muito dela, porque se adapta a diferentes diâmetros de tachos e panelas. Quando faço pouca quantidade ou os legumes são pouco volumosos basta-me usar o tacho, mas se quiser fazer duas cabeças de brócolos, por exemplo, ou um repolho grandote já preciso de mais altura e então uso a panelinha com o mesmo diâmetro ou mesmo a panela grande que uso para fazer sopa. Super versátil, em conta e fácil de guardar. Quando cheguei bastou-me ligar o fogão, porque já estava tudo preparado desde manhã.

Coloquei a água da massa a aquecer e comecei a grelhar o tofu. Usei uma frigideira anti-aderente (amiga de todos os momentos) sem qualquer gordura. Lembro que a marinada já tinha azeite. Grelhei as fatias em lume médio alto, sempre com vigilância, por 4 a 5 minutos de um lado e mais 1 ou 2 do outro. O cheirinho a canela na minha cozinha! Espetacular!

Que cheirinho a canela!

Ao pouco líquido da marinada que sobrou juntei (talvez um terço de copo de) bebida vegetal de aveia e levei a ferver noutra frigideira anti-aderente. Reduziu ligeiramente e desliguei.

Usei o molho para oferecer alguma humidade ao prato, mas, na verdade, mesmo sem ele a comida ficou fenomenal.

A massa cozeu em água a ferver com uma casquinha de limão. Depois escorri-a e passei-a por água fria para parar a cozedura e não colar.

Servi a massa salpicada com sementes de girassol tostadas.

Servi a massa salpicada com sementes de girassol tostadas.

Outros artigos

0 0 votos
Avaliação
Subscrever
Notificar
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários